Apostar na carreira de jornalismo na atualidade é estar disposto a exercer atividades multidisciplinares. Além dos veículos impressos, do rádio e TV, os profissionais precisam estar em dia com as inúmeras ferramentas digitais para divulgação de notícias. E mesmo em meio à profusão de informações, que são disseminadas na rede por quaisquer pessoas, o jornalista deve manter o rigor da profissão e se atualizar quanto a conceitos e técnicas importantes.

O Curso Online Jornalismo na Atualidade‍ do Centro de Estudos e Formação é uma opção interessante para capacitar, atualizar e aperfeiçoar estudantes, profissionais e demais interessados em debater o cenário atual da comunicação social. Com a praticidade, economia e eficiência de cursos online como este, você melhora seu currículo, chama a atenção dos recrutadores e potencializa seus resultados no mercado de trabalho.

Para lhe mostrar uma prévia dos tópicos abordados em nosso curso de jornalismo online, elaboramos o presente artigo com inúmeras dicas e características da área nos dias atuais. Você verá como os cursos online com certificado podem ajudar bastante em sua formação pessoal e profissional. Acompanhe e tire suas dúvidas.

Fatores importantes do jornalismo na atualidade

Antes de começar a falar sobre as transformações digitais no mundo midiático, precisamos ponderar que não só a tecnologia é a responsável por modificar as diretrizes da imprensa. Parafraseando André Deak, não é de hoje que a função dos jornalistas se altera. No Brasil, pelo menos, o segmento como conhecemos é muito recente.

Na década de 60, o repórter saia a campo para pautar, apurar, entrevistar, e o redator permanecia na redação para escrever as matérias. Ou seja, a formação em jornalismo não era uma unificada - o repórter, por exemplo, não necessariamente precisava saber as técnicas de redação jornalística, nem ao menos a escrita correta para informar. Da mesma forma, o redator podia fazer seu trabalho sem ter conhecimentos específicos sobre reportagem.

Hoje, as faculdades de jornalismo na atualidade trabalham para formar profissionais que possam atuar de maneira ampla. O mesmo jornalista pode pautar, apurar, entrevistar, editar, redigir, fotografar e acompanhar o feedback da opinião pública. Alguns até se especializam em cursos para jornalistas a fim de fazer também a diagramação e/ou o monitoramento das redes sociais. É a isso que nos referímos quando dizemos que o jornalismo de hoje tem caráter multidisciplinar. O jornalista de hoje precisa - e quer - ter o controle de inúmeras funções.

Além disso, o jornalismo ético que representa a função nos dias de hoje, começou a se fazer valer somente na década de 80, com a criação do Código de Ética dos Jornalistas. E mesmo diante do importante documento, as falhas que vivemos na democracia com a Ditadura Militar interferem até os dias de hoje na elaboração jornalística sob os comandos éticos. Isso só mostra que o jornalismo, que tem se apresentado cada vez mais múltiplo e se adaptado às novas realidades, ainda tem a necessidade de mudar muito.

Em nosso Curso Online Jornalismo na Atualidade você pode ter uma base completa do jornalismo no Brasil, descobrindo conceitos antigos e que precisam ser readequados para os tempos atuais. De forma leve, em cursos online é possível aprender assuntos complexos e altamente necessários para o exercício da atividade com excelência. 

Cursos relacionados que podem te interessar:

Cibercultura e o jornalismo

Pouca gente sabe que a cibercultura teve origem nos anos 70 - mas foi nessa época que a computação se tornou visível ao mundo e nasceram diversos aparatos ligados a ela. Mas, afinal, o que é cibercultura propriamente dita? Esse conceito representa as transformações vividas pelas sociedades ao entrarem em contato com qualquer tipo de tecnologia. Com a popularização da internet, os laços entre as pessoas e o universo digital se estreitaram ainda mais e, hoje, dá para dizer que é um caminho sem volta.

O acesso a dispositivos variados que conectam uma sociedade a outra é também o responsável pela modificação dos parâmetros jornalísticos. A cibercultura promoveu não só uma, mas várias mudanças no comportamento humano e, consequentemente, nas necessidades relacionadas ao consumo de informação.

Não há mais como a imprensa lidar com a divulgação de informações da mesma maneira que há 15 anos atrás. O jornalismo impresso, apesar de ainda manter um público cativo, não tem mais as redações lotadas de profissionais e já pensam sobre sua migração total para o âmbito digital, ao mesmo tempo que não conseguem dar conta do imediatismo, característica principal do jornalismo na atualidade.

Assim como causou transformações na sociedade como um todo, a cibercultura também se faz presente na rotina profissional de qualquer jornalista. Mesmo que trabalhe em um veículo impresso, ele precisa fazer uso da internet para pautar, investigar fatos, fazer entrevistas, enviar ou receber documentos úteis para as notícias, enfim, muitas funcionalidades que aumentam a produtividade desse especialista. Ele ganha tempo para produzir melhor uma matéria, deixando-a mais completa e atualizada.

Diversos cursos para jornalistas atuais explanam sobre as modificações impostas pelo advento da tecnologia. Nossos cursos a distância relativos não ficam atrás nesse quesito e por isso estão entre as melhores dicas para você se qualificar no momento. Pense nisso.

Características e implicações do jornalismo na web

Como falamos, a principal característica do jornalismo na web é o imediatismo - as pessoas querem a informação para "ontem" e isso é uma das implicações para o segmento. Para ser exclusivo, muitas vezes, ele precisa ser praticado cada vez mais rápido. As mídias na internet correm atrás da mesma notícia, porém, geralmente, "ganha" aquele que a publicar primeiro.

É uma disputa acirrada que acaba por diminuir a excelência do jornalismo, já que, para ser feito com todo o seu rigor, precisa de investigação minuciosa, comprovação e elaboração. A jornalista Eliane Brum opina que é muito comum vermos pela web matérias fragilizadas pela falta de critério jornalístico. Muitos profissionais tendem a imaginar que, por ser realizado no ambiente digital, tal jornalismo pode ser feito com menos responsabilidade, afinal, é onde tudo pode acontecer e é permitido.

No entanto, mesmo se tratando de uma interface que permite uma linguagem mais informal - porém, correta -, o jornalista precisa manter seu foco de informar com qualidade. A sociedade, seja na internet ou fora dela, tem o direito de ser informada por reportagens confiáveis, verídicas, apuradas e éticas. E é missão de cada comunicador elaborar produtos que, de forma séria, satisfaçam as necessidades dos públicos.

Em um curso de jornalismo online você pode entender tudo sobre a transposição vivenciada pelos jornalistas, incluindo as principais dificuldades comuns na hora de produzir conteúdo noticioso para a internet e as vantagens de contar com essa nova estrutura. Isso porque, apesar de oferecer certos obstáculos, principalmente para a cobertura jornalística de excelência, a web pode ser tratada como a mais poderosa aliada para o jornalismo atual.

Há um tópico exclusivo voltado para esse tema em nosso curso online, no qual você pode conhecer, por exemplo, os benefícios que todas as mídias receberam com a facilidade da internet e até mesmo das redes sociais.

Jornais, revistas, emissoras de televisão e rádio, portais, blogs, etc, garantiram ferramentas incríveis para divulgar seus materiais, conhecer seus públicos de perto e até interagir com eles, melhorando a visibilidade e a captação de pautas interessantes. Vale a pena conhecer cursos online que demonstrem também os pontos positivos do jornalismo na internet.

jornalismo na atualidade

Jornalismo mobile

Não poderíamos deixar de explanar sobre outra tendência da tecnologia, que já faz parte do cotidiano da maioria das pessoas: a informação mobile. No metrô, nos restaurantes, nas faculdades, nos parques, não há lugar que você não veja alguém com um smartphone na mão. O celular, como todo mundo sabe, se tornou uma ferramenta com múltiplas ações e uma delas é a de informar.

No vai e vem de seus trabalhos e demais tarefas cotidianas, as pessoas aproveitam para se inteirar sobre assuntos diversos de onde estiverem. Para ajudar nessa missão, nada melhor do que aparatos que cabem no bolso e por isso, essa moda pegou muito rapidamente.

Sendo assim, além de se adequar ao ambiente digital e produzir conteúdos para usuários de desktop, o jornalismo também precisa se atentar quanto a utilização dos gadgets se consumir notícias. Para atrair visitantes, os portais devem contar com a ajuda de programadores para adequar a leitura dos conteúdos em celulares e tablets, deixando também as páginas mais leves e seguras.

Quer entender passo a passo sobre essa novidade? Considere estudar em um curso de jornalismo online completo e abrangente como o que oferecemos aqui no Centro de Estudos e Formação.

Fim dos jornais impressos?

Com a ascensão do jornalismo na web, muito se discute se é o fim dos jornais impressos, tópico explanado também em cursos a distância relacionados. É fato que na última década pudemos ver muitos jornais encerrando suas atividades de vez ou mudando de interface, se transportando somente para o ambiente digital. Isso provocou uma verdadeira chuva de demissões, que acompanhou a crise econômica e política estabelecida no Brasil.

A convergência para a versão digital, no entanto, é algo já esperado até pelos editores e diretores dos principais jornais do mundo. Em 2016, foi a vez do fim da edição impressa do The Independent, primeiro jornal britânico a se limitar à versão para a web. Com a manchete “Stop press 1896-2016” (“Parem as máquinas”), a edição inicial do jornal digital trazia o argumento de que o jornalismo na atualidade precisa se adequar, sobretudo às exigências dos leitores. Além deles, inúmeros jornais famosos já têm a ciência de que precisarão se reinventar, como o The Washington Post, El País, The New York Times e The Wall Street Journal.

Precisamos lembrar que a tendência de criar um espaço consolidado na internet não é algo exclusivo dos jornais impressos. Canais de rádio e televisão também estão notando que precisam fazer alguma coisa para manter e aumentar suas audiências. A maioria das emissoras tem pelo menos um canal de interação com o público na web, seja por site oficial ou rede social. Além disso, é muito comum que eles disponibilizem seus conteúdos, até mesmo os jornalísticos, em sites de compartilhamento de vídeos como o Youtube, tanto gravados quanto ao vivo. 

É a forma que os veículos tradicionais encontraram de trazer públicos mais jovens, hiperativos e críticos para perto, utilizando a internet não como uma ferramenta que veio para dizimar o jornalismo, mas para auxiliar nos seus processos mais modernos. Um curso online especial sobre Jornalismo Impresso, inclusive, pode demonstrar todas as mudanças que ocorreram neste viéis.

Os certificados do Centro de Estudos e Formação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Técnica da pirâmide invertida 

Diante de tantas técnicas, há uma que é considerada uma das mais importantes quando o assunto é produção de texto jornalístico: a pirâmide invertida. Sua compreensão é algo indispensável para qualquer jornalista e por isso deve ser estudada tanto na graduação quanto em cursos para jornalistas complementares.

Tal técnica se baseia no princípio de que o profissional, ao escrever um artigo, uma reportagem ou até mesmo uma nota, deve estruturar seu texto de acordo com a relevância da informação. Isto é, no início, devem ser expostas as informações mais importantes, e estas serão seguidas por todas as outras, mas por uma ordem estudada previamente. O jornalista deve escrever de acordo com o possível interesse do leitor.

Para fazer isso com primor, é necessário agrupar as informações mais objetivas relacionadas ao tema abordado. O conceito de lide é o que ajuda a encontrar todos esses dados essenciais. Ele se caracteriza pelas perguntas que devemos fazer ao definir a importância de um fato: o que, quem, como, quando, onde e por que. Ao seguir os parâmetros da pirâmide invertida, o redator responderá todas estas questões logo no começo do texto.

A pirâmide invertida nada mais é do que a estrutura tradicional da notícia e por isso não pode ser deixada de lado por nenhum jornalista. Por sua importância, todos os fundamentos relativos à técnica são retratados em nosso Curso Online Jornalismo na Atualidade, descubra o quanto antes para fazer textos cada vez melhores.

Saiba tudo sobre o jornalismo atual em nosso curso online

Viu só quantos assuntos pertinentes ao jornalismo na atualidade? Esse debate não é recente e também parece estar longe de chegar ao fim, até porque, o jornalismo, bem como todas as habilitações da comunicação social, é algo mutável e precisa ser acompanhado dia a dia. 

Seja para fins acadêmicos, profissionais ou pessoais, continue aprendendo mais a respeito da temática em cursos online com certificado. Aqui no Centro de Estudos e Formação você pode conhecer de perto todas os tópicos preponderantes em muitas outras opções de capacitações, como, por exemplo, o curso online que aborda tudo sobre Comunicação Social‍.

Faça sua inscrição e ganhe o acesso livre durante 12 meses a todos os cursos a distância de nosso portal investindo apenas R$69,90. Uma ótima ideia, não é mesmo? Então comece agora a garantir conhecimentos diferenciados para se dar bem no mercado de trabalho, na faculdade e em outras metas de vida.

Comente, compartilhe e faça sua matrícula. Esperamos que tenha gostado de nosso artigo e que retorne mais vezes, até uma próxima!