Você já notou que muitas universidades, sobretudo aquelas que ministram cursos online, deixam claro em suas propagandas o reconhecimento do MEC? Perceba na TV, no rádio, na internet e nos outdoors: esse termo sempre tem destaque, pois se acredita que valoriza o curso. Porém, grande parte das publicidades que usam esse conceito visa apenas chamar atenção das pessas, que acreditam fielmente que apenas esse recurso garante a qualidade da instituição. 

Em tempos de concorrência forte em que é preciso usar todas as armas para divulgar um produto ou serviço, colocar o Ministério da Educação como pauta pode soar interessante para muitas lugares, ainda mais se os cursos a distância ou presenciais são bem avaliados pelo órgão (aquele caso de cinco estrelas e tal). Todavia, é necessário se atentar a alguns fatores e saber onde se aplicam as normas do maior órgão educacional do país e, claro, aprender a analisar outros pontos além disso. 

Muitas vezes, por conta de equívocos, estudantes e demais interessados em se qualificar em determinada área acreditam que o MEC deve ser responsável por tudo, da graduação ao curso técnico, de uma versão profissionalizante até cursos online com certificado. Há algumas inverdades nesse conceito que precisam ser esclarecidas. Capacitação é coisa séria e você deve saber o que levar em consideração ao escolher a modalidade ideal para seus objetivos. 

Como temos missão de ser sempre transparentes e deixar tudo em pratos limpos, preparamos este artigo para tirar todas as suas dúvidas e explanar o que é pertinente a essa situação. Entenda o papel do MEC e aprenda a optar pelos melhores cursos online do mercado de forma simples e eficiente.

Reconhecimento do MEC: entenda e desmitifique

O Ministério da Educação e suas aplicações

Seguir as diretrizes e regras da organização máxima da educação do país pode parecer comum a qualquer modalidade de curso. Ao fazer uma pesquisa simples nos mecanismos de buscas, nos deparamos com muitas pessoas questionando se, para um curso livre, desses que podemos fazer remotamente ou presencial, é necessário mesmo o aval do MEC. Nesse objetivo buscar esse reconhecimento pode até levar uma pessoa a cair em ciladas, já que alguns locais podem usar esse termo somente para vender cursos.

Logo, é essencial saber que as aplicações diretas do Ministério da Educação se dão apenas para cursos superiores: de graduação (a popular faculdade) e a pós-graduação (especialização em um campo ligado à formação). Nesses casos, ambas podem ser realizadas tanto no modo presencial, frequentando uma sala de aula; ou no modo a distância, por meio de cursos EAD que podem ser feitos em casa ou em qualquer ambiente.

Toda essa base é definida por lei, por meio da CONAES - Comissão Nacional de Educação Superior, regulamentando as normas da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, decretos complementares e avaliações das instituições, como o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), o responsável por dar ''estrelas'' aos cursos, fato amplamente destacado por muitas universidades.

Essa organização é fundamental para manter a qualidade da educação superior no país, válido para uma faculdade a distância ou convencional. Nesse caso, todas devem seguir os parâmetros e oferecer cursos reconhecidos pelo MEC. Sendo assim, para que fique claro, aqueles que buscam fazer uma graduação em sua área precisam ter em mente a carga horária do curso, o reconhecimento do MEC e os recursos qualitativos que levam a uma metodologia de excelência, que realmente faça a diferença no currículo e gere um diploma que poderá ser incluído em sua formação pessoal e profissional.

Mas, e no caso do ensino técnico, ensino médio e fundamental? Bom, é importante compreender que, embora essas opções sigam propostas do MEC, quem coloca tudo em prática, fiscaliza e orienta as instituições que investem nessas modalidades é cada secretaria de educação, seja estadual ou municipal, em si. Perceba que na sua cidade deve ter uma sede e todas as escolas se reportam para ela, portanto, para os primeiros métodos de ensino, considera-se esse órgão local.

cursos online reconhecidos pelo MEC

Cursos online reconhecidos pelo MEC: é possível?

A interpretação dos cursos online reconhecidos pelo MEC precisa ser bem feita para que não leve a equívocos que deixam muitas pessoas confusas. Nesse caso, conforme explanamos no tópico anterior, refere-se apenas à graduação e pós-graduação com ensino a distância.

Por isso que, ao buscar opções assim, você vai se deparar apenas com a faculdade a distância e a especialização propriamente ditas. O aval do MEC não é necessário para cursos conhecidos como livres,  para capacitação em determinada área, atualização no segmento ou aperfeiçoamento em um ramo específico.

Segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, os cursos livres (sejam cursos EAD ou presenciais), entram em uma modalidade regulamentada pelo artigo 42, que revela: "as instituições de educação profissional e tecnológica, além dos seus cursos regulares, oferecerão cursos especiais, abertos à comunidade, condicionada a matrícula à capacidade de aproveitamento e não necessariamente ao nível de escolaridade".

Portanto, devem ser desenvolvidos como estímulo à sociedade, em vários campos de atuação, para que as pessoas se interessem em aprimorar seus conhecimentos em diversos níveis, sobretudo no profissional. Essa categoria é dita como não formal, com carga horária variada e modo mais flexível de estudo para a conquista de um certificado. Sendo assim, se você ver alguma instituição oferecendo ''cursos livres reconhecidos pelo MEC'', fique atento: isso não existe, trata-se apenas de um recurso publicitário para que os leigos pensem que é obrigatório e qualitativo. É preciso ir muito além disso para saber se o local/curso é confiável ou não. 

O valor dos cursos livres

O termo livre e o fato de não serem cursos reconhecidos pelo MEC muitas vezes podem levar ao questionamento: será que são as melhores opções para investir? Nesse caso, é importante entender sempre que:

  1. Cursos livres, oferecidos de modo presencial ou com base no ensino a distância, são opções que, ao contrário da graduação e da pós-graduação, dispensam reconhecimento do MEC. Esse selo, ao contrário do que muita gente pensa, não significa necessariamente qualidade. Apenas consta que é o MEC que legisla sobre os cursos superiores de tal instituição.
  2. Não é por ser um curso livre e com carga horária a escolha do candidato que necessariamente seja mais simples de ser realizado. Assim como qualquer modalidade, é preciso se empenhar para aprender o máximo do conteúdo, por vários dias. No caso de cursos a distância, é preciso ainda ter disciplina, foco e motivação para estudar em ambientes fora da sala de aula.
  3. Cursos online reconhecidos pelo MEC na categora livre não existem e jamais você deve descartá-los por isso. Sabia que, segundo o último censo da ABED - Associação Brasileira de Educação a Distância, em 2015 quase 4 milhões de pessoas apostaram nessa modalidade, mais de 1 mihão em relação a 2014? E a tendência é que essa métrica continua crescente.
  4. A certificação de um curso livre é bem aceita em locais variados e para muitas metas, como uma prova de títulos de concursos públicos. Além disso, servidores e demais profissionais podem utilizar o comprovante de determinada opção para progressão de carreira e atualização em uma área.
  5. Assim como na educação superior – em que o MEC é indispensável -, cursos livres devem ser ministrados por instituições de ensino de qualidade, que tenham foco na transparência e estejam dispostas a oferecer sempre o melhor para seus alunos. Então, não dá para abrir mão de uma boa pesquisa para contar com a mais vantajosa e que realmente se preocupa com sua qualificação. Não caia em armadilhas, como a velha falácia dos cursos gratuitos. Fique por dentro desse assunto lendo nosso artigo Cursos online gratuitos: fique atento para você não cair em uma cilada.

Com essas ponderações, agora você já pode ter uma ideia do valor dos cursos livres e porque eles são opções ascendentes para diversos objetivos. Em todo caso, vale a pena também explanar outras vantagens de investir nessa tendência: 

  1. Versatilidade: Não dá para deixar de lado a versatilidade dos cursos livres. Eles são ótimos tanto para se aprofundar sobre os conceitos de determinada área, capacitando e até aprendendo uma nova função; garantem a atualização a respeito de um novo assunto se seu ramo (como regras e normas que se modernizam); e são perfeitos para se aperfeiçoar e dominar tais recursos que serão ótimos em termos teóricos e práticos.
  2. Flexibilidade: A carga horária mais enxuta, a possibilidade de estudar em dias convenientes (sobretudo nas opções EAD) e o fato de ter vários cursos à disposição, dão mais liberdade ao aluno, que pode escolher, ainda, a melhor metodologia de aprendizagem e estudos.
  3. Domínio do tempo: Muitos cursos livres possuem duração que varia quanto à meta do interessado. Para se certificar, você pode fazer, geralmente, um curso com carga horária de 5 a 360 horas (oferecida pela maioria das instituições de qualidade). Além dessa escolha, ao estudar por cursos a distância, você escolhe o ambiente mais conveniente e o tempo necessário para a realização. 
  4. Conforto: Já que destacamos os cursos EAD livres, essa alternativa é ainda melhor que a presencial, pois permite que o aluno se qualifique em casa mesmo, com o máximo conforto, segurança e economia, sem precisar se locomover, ficar exposto a perigos e gastar mais com esse processo.
  5. Opções variadas: Muitas instituições contam com uma ampla variedade de cursos nas mais diversas áreas. Aqui no Centro de Estudos e Formação, por exemplo, são 650 cursos online em mais de 20 ramos, desde administração, à saúde. Não é à toa que mais de 120 mil alunos confiam e se certificam por meio de nossas metodologias atualizadas e preparadas especialmente por uma equipe pedagógica direcionada e competente. 
  6. Adaptação: Com a ampla variedade de opções, carga horária mais flexível e aulas mais dinâmicas, você pode se adaptar melhor à proposta dos cursos livres. Além disso, eles são democráticos e polivalentes, alternativas indicadas para todas as pessoas para metas distintas e plurais. 

Perceba que fazer cursos livres é vantajoso para todas as pessoas, ainda mais se forem propostos por meio do ensino a distância. Sabia que, quando se trata de cursos online com certificado nessa modalidade, você conta com ainda mais benefícios? Já falamos de alguns, mas é sempre bom fortalecer e reconhecer outros pontos fortes. 

Por que fazer cursos livres online?

Já abordamos alguns motivos principais que fazem dos cursos livres ótimas alternativas para muitas pessoas, sejam profissionais, estudantes, desempregados e qualquer indivíduo que deseja conhecer mais sobre um ou vários campos. Caso se encaixem na linha do ensino remoto, são melhores ainda. Nesse contexto, é importante entender que os cursos livres na versão online agregam muito valor a sua formação e objetivos diversos. Basicamente, se enquadram em três padrões principais:

Atualização

Sabe aquele profissional de recursos humanos que já trabalha bastante tempo em uma empresa, mas, na época de crise econômica, precisa garantir sua vaga com novas apostas? Então, o ideal para que ele não seja demitido é mostrar que não está estagnado na carreira, ao contrário, busca sempre se atualizar em seu ramo de atuação. Além disso, ele pode tanto não ser dispensado quanto até subir de cargo, justamente porque domina um software, uma ferramenta e um conhecimento determinado apenas porque realizou um ou mais cursos que garantiram um aprendizado latente desses aspectos.

Pense na prática. Entre cinco analistas de recursos humanos disputando uma vaga para ocupar um cargo maior na empresa, qual será o escolhido: aquele que mostra ampla segurança, atualização de todos os recursos e eficiência no trabalho, ou uma pessoa que não se interessa em fazer além da sua função, executando um serviço robótico e desconhecimento padrões novos que podem otimizar tudo? Não precisamos nem responder, não é?

Portanto, se você se atualiza constantemente, tem certificados excelentes provenientes de boas instituições e se mostra um funcionário interessado e engajado, com certeza o reconhecimento virá. Melhor que isso, é saber que a atualização pode ser feita de modo simples, com cursos online essenciais, realizados no tempo livre e como complemento ao seu conhecimento.

Aqui no Centro de Estudos e Formação, por exemplo, há um campo exclusivo com vários cursos EAD em recursos humanos e mais de 20 áreas que sempre estão em alta no mercado e servem para uma infinidade de profissionais.

Aperfeiçoamento

O aperfeiçoamento ocorre quando um indivíduo deseja ir além do campo de atuação/formação, para desbravar novos termos e ter ciência de aspectos até então desconhecidos, mas que são pertinentes. Muitas empresas começam a testar um programa ou um método diferente e precisam de pessoas que entendam e possam executá-los. Assim, exigem que os funcionários se aperfeiçoem e possam fazer a manipulação correta e eficiente.

Nessa ampliação da aprendizagem, podemos citar o fato de um trabalhador precisar fazer um curso de Excel Avançado para entender todos os recursos da ferramenta e, assim, otimizar o trabalho por meio de planilhas. Já um educador pode se aperfeiçoar em atividades para crianças com deficiência, para promover a inclusão e melhorar suas metodologias direcionadas aos alunos com essa condição.

É importante destacar que, para essa formação, apostar em cursos a distância é a melhor opção, pois dá para complementá-los perfeitamente à rotina somente pelo fato de ganhar tempo e não precisar se deslocar para uma escola física. Com as novas tecnologias, dá para estudar em vários lugares, seja via computador ou smartphone, aproveitando o máximo do ensino a distância.  

Capacitação

Por fim, a capacitação, considerada um dos grandes objetivos das pessoas que buscam cursos de curta duração com a máxima qualidade, ou seja, opções além de uma graduação presencial ou faculdade a distância. Cursos online que deixam uma pessoa pronta para compreender tal área e função fazem muito sucesso e são extremamente populares. Muitos deles são essenciais para dar aquele upgrade necessário no currículo, alternativas que não podem passar despercebidas, como cursos de idiomas, softwares básicos e ramos que combinam com seu cargo ou formação.

Uma pessoa formada em Administração, por exemplo, pode fazer cursos EAD para se capacitar sobre a área de marketing, gestão de negócios, contabilidade e tudo que será ótimo para mostrar que há o interesse em ir além do convencional. Sendo assim, quem busca as melhores ferramentas estará sempre um passo a frente dos concorrentes, com destaque total e sempre perto de suas conquistas.

Os certificados do Centro de Estudos e Formação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Fique ligado e faça boas escolhas

Agora que você já sabe como funcionam e qual categoria se enquadram os cursos reconhecidos pelo MEC, fica bem mais fácil fazer a escolha ideal para seus planos. Caso esteja pensando na graduação ou na pós, independente do método de ensino, elas precisam do reconhecimento do MEC sempre. Já no caso de capacitação, atualização e aperfeiçoamento, não precisa buscar por cursos online reconhecidos pelo MEC e similares. Embora não haja essa necessidade, bons atributos são fundamentais para essa modalidade. Um curso livre deve seguir princípios de eficiência, com boas virtudes, conteúdos e certificados inigualáveis.

Evite cair em ciladas e opte sempre por uma instituição íntegra e transparente. No caso do ensino a distância, tendência que conquista milhões de pessoas dia a dia, veja se a escola tem parceria com a ABED – Associação Brasileira de Educação a Distância, boa variedade de cursos online, um portal informativo com tudo o que você precisa saber e um canal de atendimento que tire todas as suas dúvidas.

Ah, e não se esqueça de prestar atenção na metodologia, carga horária e processo de certificação, assim como as vantagens. Uma ótima dica que conta com tudo isso e muito mais é o Centro de Estudos e Formação. São mais de 700 cursos online com certificado que ficam a seu dispor por um ano, investindo uma taxa única de R$ 69,90. Apenas com esse valor mínimo você conta com uma ampla gama de cursos online e pode estudar quantos quiser. Tudo isso é feito de forma qualitativa, em um ambiente virtual de aprendizagem moderno e intuitivo.

Que tal se juntar aos mais de 120 mil alunos do portal e se inscrever agora? Fique à vontade para comentar, mandar suas principais questões e dizer o que achou do artigo. Aproveite para compartilhar também. Esperamos que tenha gostado, até mais.