A Contabilidade é uma das ciências cujo conhecimento é imprescindível para que uma empresa seja bem administrada e conduzida. Junto com a Administração, tem as principais ferramentas e conhecimentos necessários para garantir que os empreendimentos e qualquer tipo de organização se mantenham competitivos, gerem lucros e consigam alcançar as metas propostas. Em cenários de crise o desafio é ainda maior: garantir a sobrevivência dessas entidades.

Em empresas comerciais e indústrias, por exemplo, a definição do preço de venda de um produto e serviços, assim como da margem de lucro, é essencial para que elas operem de maneira satisfatória e com resultados positivos. Quem auxilia nesses processos é a contabilidade de custos, tema principal deste artigo.

Aqui você entenderá o que é contabilidade de custos, como ela se diferencia da contabilidade financeira e gerencial e tudo mais relacionado ao assunto. Todas as questões que abordamos aqui são parte do Curso Online Contabilidade de Custos, do portal Centro de Estudos e Formação.

Esse curso de contabilidade de custos é divido em módulos e traz conteúdos de fácil compreensão, elaborados por um departamento pedagógico exclusivo e, principalmente, antenado às eventuais mudanças na área contábil. Além disso, tem as características que fazem os cursos a distância serem os escolhidos por milhares de pessoas: flexibilidade, adaptação ao ritmo do cursista e possíbilidade de estudar com total autonomia, onde e quando quiser.

Leia nosso artigo, aprenda o que é e qual o objetivo da contabilidade de custos e fique ligado em nossas dicas de cursos online relacionados. Boa leitura!

O que é contabilidade de custos

A contabilidade de custos é a subdivisão da contabilidade geral que analisa todos os gastos decorrentes da produção de bens e serviços. Voltada principalmente a empresas comerciais, industriais e prestadoras de serviços, ela produz informações aos diversos níveis gerenciais da organização e auxilia no planejamento e controle das operações, assim como nas decisões que precisam ser tomadas pelas gerências e direção da empresa. Por meio dessas análises e informações possibilita também uma melhor alocação dos custos de produção aos produtos.

Um curso de contabilidade online sempre ensina o que é contabilidade de custos, junto a outros temas. Mas nosso curso online é voltado exclusivamente à essa temática e tem a função específica de aprimorar e consolidar os conhecimentos nessa área tão necessária às corporações.

Aplicação da contabilidade de custos nos negócios

Veja 5 casos em que se pode aplicar a contabilidade de custos:

  1. No produto ou serviço: para encontrar o custo de venda e para se conhecer o lucro bruto, que é o valor das vendas menos o custo, sem precisar esperar pela demonstração de resultados no final do período.

  2. Em cada produto produzido: comparando o que ele gera financeiramente para conhecer o quão rentável ele é, identificando dessa forma quais são os produtos mais rentáveis e quais não geram renda.

  3. Estudo de clientes: para saber o que se gasta para manter um cliente - verificar se os gastos compensam ou se são maiores que a renda gerada.

  4. Área específica de um negócio ou setor: para checar se a renda gerada compensa os custos.

  5. Em um produto específico: a fim de determinar quanto se quer ganhar e definir o preço.

Objetivo geral da Contabilidade de Custos

O objetivo da contabilidade de custos, de forma geral, é dar suporte à decisão gerencial com relação à fixação do preço de venda, e estimar o custo real de produção.

As informações sobre esses questionamentos são conseguidas por meio da coleta, classificação e registro de dados operacionais das várias atividades da companhia – chamados de dados internos. Eventualmente ocorre também a coleta e organização de dados externos. Nesse levantamento são considerados dados operacionais, as horas de trabalho, unidades produzidas, quantidade de ordens de produção e de requisições, por exemplo.

Objetivos específicos da contabilidade de custos

Quando o objetivo da contabilidade de custos se ramifica, abrange os seguintes processos:

Estimar custos de produção por período

Para que uma empresa tome decisões importantes como a definição do preço de venda de um produto, ela precisa ter conhecimento sobre o que o custo operacional representa no orçamento. 

A análise de informações contábeis do processo produtivo ao longo de um ano, por exemplo, pode ajudar a identificar períodos de maior ou menor gasto. De posse dessa informação, a empresa promoverá os ajustes e cortes necessários.

Outro exemplo: a análise de dados mostra que a margem de lucro está pequena ou quase nula no mês vigente. A empresa então focará em aumentar o preço de venda, colocar em andamento alguma estratégia de contenção de despesas ou qualquer outra ação possível para deixar as contas mais equilbradas.

Quando o objetivo for encontrar custo de produção por período (CPP), há três elementos a serem considerados:

1. Os materiais diretos: é tudo que se aplica ao produto, que está diretamente ligado e que é componente dele, como embalagens, matéria-prima etc.

2. Mão de obra direta (MOD): trata-se do custo que se teve com material humano durante a produção, como encargos, salários etc.

3. Custo indireto de fabricação (CIF): é todo gasto que interfere de forma indireta no processo de produção - esses são os mais difíceis de calcular. Exemplos: energia, aluguel, depreciação de máquinas e equipamentos etc.

Controlar a produção com o custo médio

Nem sempre vender mais significa faturamento maior. Se a empresa não conhece o custo de seu processo de produção, pode estar vendendo mais e mesmo assim perdendo dinheiro. O custo médio (o total gasto para produzir dividido pela quantidade de produtos ou serviços) pode estar com uma margem de lucro bem achatada e a empresa achando que está faturando bem.

Controlar uma rotina para reduzir custos

A contabilidade de custos como prática rotineira auxilia bastante a saúde financeira de uma companhia. Pela análise de gastos é possível saber exatamente como anda o empreendimento e fazer os ajustes necessários para alcançar o objetivo, seja sair do vermelho ou expandir a área de atuação.

Identificar formas de racionalizar custos

Gerir eficientemente um negócio significa também produzir pelo menor custo possível. Se a empresa gasta mais do que deveria e não possui essa informação, não tem o incentivo para fazer os ajustes. Já quando utiliza a contabilidade de custos e consegue identificar os gargalos, consegue saber exatamente o que precisa fazer – mudar a matéria-prima, conseguir descontos, negociar com fornecedores etc.

Pelo que vimos até aqui dá para perceber que dominar a contabilidade de custos torna o profissional da área contábil - gestor, assistente e até mesmo o auxiliar contábil - uma excelente aquisição para qualquer organização.

Em tempos de economia instável em que as empresas lutam para se manterem competitivas, essa pessoa é uma peça-chave para alcançar o sucesso de qualquer empreendimento. Considerando isso, profissionais da área ou qualquer outro interessado em aprender sobre o tema devem apostar em qualificação.

Cursos online com certificado, por exemplo, proporcionam conhecimentos aprofundados e dão um valor inestimável ao currículo. O curso de contabilidade de custos do nosso portal contribui fortemente para o desenvolvimento de habilidades, ensina conceitos e técnicas pertinentes à área e deixa o aluno bem preparado para o mercado de trabalho.

Dadas as dicas, vamos ao nosso próximo tópico, que mostrará a diferença entre três contabilidades: gerencial, de custos e financeira.

O que é contabilidade de custos

Diferença entre Contabilidade de Custos, Gerencial e Financeira

É primordial que um curso de contabilidade online conceitue e pontue diferenças entre áreas que podem causar certa confusão a quem não conhece e está aprendendo sobre o tema.

A esta altura você já sabe o que é contabilidade de custos, mas pode ficar em dúvida se é o mesmo que contabilidade gerencial ou financeira - o que não é. Veja a definição de cada uma delas:

  • Contabilidade gerencial: esta contabilidade não está atrelada a obrigações legais, sua função é fornecer informações contábeis aos gerentes e cargos superiores das organizações, para que lhes auxilie na tomada de decisões para atingir objetivos organizacionais.

  • Contabilidade financeira: esta refere-se à toda informação contábil fornecida a usuários externos, como bancos, fornecedores, acionistas, agências governamentais reguladoras etc. É mais objetiva que a gerencial, que é mais analítica e explicativa.

Apesar das diferenças, especialmente com relação às suas aplicações, essas contabilidades dependem uma da outra para fornecer as informações completas sobre a organização.

É importante salientar que a contabilidade de custos, assim como as outras duas, são temas em provas de concursos públicos para entidades como Secretarias Estaduais da Fazenda (SEFAZ) e Secretarias de Estados de Finanças (SEFIN), por exemplo. Uma maneira de se preparar para as provas é estudar por meio de cursos a distância, excelentes formas de colocar o conhecimento em dia.

Um curso de contabilidade online pode ser também uma ótima pedida para quem vai prestar o Exame de Suficiência Contábil, que habilita técnicos e bacharéis a atuarem na profissão. Auxiliares e assistentes não precisam fazer esse exame, mas podem contar com nossos cursos para se transformarem em profissionais muito bem capacitados.

Conhecendo os métodos de custeio

Continuando nos tópicos de nosso curso online, mostraremos o que são métodos de custeio e a sua funcionalidade na contabilidade de custos. São eles que ajudam a entender como separar os custos variáveis dos custos fixos e a identificar qual o peso de cada um no preço de venda de um produto.

Mas, antes disso, precisamos definir alguns conceitos importantes e relevantes, sempre vistos em cursos online voltado à área contábil e diretamente ligados a métodos de custeio.

Diferenciando custos de despesas

Algo que não pode acontecer é confundir custos com despesas - algo que acontece com quem está começando, mas que vez ou outra ainda confunde até os mais experientes.

  • Custos: é todo gasto relacionado à aquisição de mercadorias ou à produção das mesmas. Exemplo: matéria-prima, água, energia elétrica, mão de obra direta ou indireta, depreciação de máquinas e outros.

  • Despesas: é todo o desembolso relacionado à administração da empresa e que não está relacionado à aquisição ou produção de mercadorias. Exemplos: material de escritório, salários da administração, propaganda e publicidade, comissão de vendedores, entre outros.

Os certificados do Centro de Estudos e Formação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Os principais métodos de custeio

Nosso Curso Online Contabilidade de Custos, assim como outros cursos a distância que tratam de conhecimentos no campo contábil, apresentam os métodos, mas sem associá-los a determinado tipo de empresa ou negócio, pois cada empresa adota o método ao qual se adapta melhor e o que lhe garante os melhores resultados.

Custeio por absorção

Neste método, todos os custos relacionados à fabricação de um produto ou à prestação de um serviço são absorvidos, sejam diretos ou indiretos. Dessa forma, os gastos são rateados para todos os produtos (ou serviços).

Custo direto ou variável

Aqui são considerados somente os custos variáveis da produção do período. Neste caso, os custos fixos são considerados despesas e não custos de produção. É importante frisar que, apesar de ser um método muito utilizado gerencialmente, não é aceito em demonstrativos contábeis externos, por causa de restrição legal e fiscal.

Custeio baseado em atividades (ABC – Activity Based Cost)

O critério utilizado por este método é de rastrear tudo o que foi realizado e que gerou qualquer tipo de custo, fazer uma alocação de custos a essas atividades e depois distribuí-los aos produtos ou serviços.

Custeio UEP

Este tipo de custeio origina uma unidade não monetária capaz de medir uma produção diversificada. A medição da produção é simplificada por este método, que consegue contabilizar diferentes produtos por um único parâmetro. Além dos custos, ele facilita a análise da capacidade produtiva, ociosidade de máquinas e equipamentos, rentabilidade e outros.

De forma bem resumida, deu para se ter uma ideia sobre os principais métodos utilizados no mercado. Eles são abordados de forma mais ampla em nosso curso de contabilidade de custos.

Além de ensinar de forma eficaz e de capacitar pessoas a atuarem nesse campo de trabalho, nossos cursos online com certificado ajudam muito quem está se preparando para concursos, e até mesmo quem está se graduando na área contábil.

Centro de Estudos e Formação: sua melhor aposta em cursos online

O Curso Online Contabilidade de Custos tem tudo para lhe deixar bem afiado para disputar o seu espaço no mercado de trabalho e se destacar. Além desse curso online, você pode fazer outros que têm temas complementares ou relacionados.

Tenha sempre em mente que a formação profissional contínua é a que lhe diferenciará de quem estagnou e que não se preocupa em reciclar os conhecimentos.

Por isso, o Centro de Estudos e Formação tem, além dos cursos voltados à área contábil, um Pacote Master com centenas de outros cursos online com certificado, em vários campos do conhecimento. Melhor que isso é a oportunidade que você tem de estudar tudo que deseja, durante um ano inteiro, pelo investimento único de R$ 69,90, sem mensalidades.

Faça agora mesmo a sua inscrição e comece a se qualificar com os melhores cursos online do país. O portal oferece um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) moderno, intuitivo e otimizado para tablets, smartphones e computadores. Faça como os mais de 120 mil alunos que já passaram por aqui: comprove a excelência de nossos cursos.

Esperamos que tenha gostado deste artigo e que o compartilhe com seus amigos. Aproveite e nos deixe a sua opinião ou sugestão, sempre muito bem-vindas. Bons estudos e até o próximo!