Fazer um orçamento é uma atividade comum e cotidiana para todos. Qualquer serviço demanda um planejamento antes de sua realização, para verificar as perspectivas e alcançar os resultados previstos. E, se do ponto de vista pessoal já é difícil colocar boas estratégias em prática e tomar decisões, imagine para uma grande corporação?

Nesse caso, o setor financeiro e a gestão de uma empresa precisam trabalhar juntos para manter os recursos equilibrados e ter o controle total dos mesmos, visando a maximização dos lucros e o crescimento de toda a organização. Essas noções são aprimoradas tanto com a experiência, na prática diária e com materiais auxiliares, como um curso de administração financeira e orçamentária.

Contar com fontes excelentes de informação é uma boa alternativa para dominar vários conceitos e saber como utilizá-los no dia a dia. Por serem propostas flexíveis e autônomas, os cursos online despontam como a principal opção de especialização para diversos profissionais e interessados em aprender sobre vários temas ligados à economia, contabilidade e toda a administração em si.

Aqui no Centro de Estudos e Formação, portal com os melhores cursos a distância do mercado, temos o Curso Online Administração Financeira e Orçamentária, preparado por uma equipe pedagógica dedicada e exclusiva e estruturado com tópicos completos e essenciais a sua formação.

Além desse curso online, não faltam opções disponíveis para ampliar o conhecimento e dominar de vez tanto área financeira quanto universo dos orçamentos. Para te mostrar alguns pontos presentes nesse curso de administração financeira e dar várias dicas preciosas, fizemos este artigo auxiliar que com certeza vai sanar suas dúvidas. Acompanhe, surpreenda-se e conte pra gente suas opiniões.

Curso e Administração Financeira e Orçamentária no cotidiano

Afinal, para que é preciso ter noções de administração financeira e orçamentária? O que essa área ajuda no cotidiano das empresas? Como já dissemos, a realização de um orçamento e a gestão de recursos (dinheiro, sobretudo) é fundamental para nossa vida pessoal e também para as atividades de uma corporação.

Não faltam contas a pagar, ideias para investimentos, possíveis financiamentos, entre outras transações e negociações que ocorrem frequentemente. Obviamente, em meio a tantas variáveis, tudo precisa estar organizado e controlado, tanto para deixar as obrigações em dia quanto para pensar em novas perspectivas futuras.

Toda empresa visa o lucro, mas para chegar a um ponto de equilíbrio, é necessário um planejamento amplo e constante. A economia está longe de ser estável e a cada nova realidade do mercado, os gestores e o setor financeiro devem se preparar previamente e colocar boas estratégias em prática para manter a consistência da organização. Caso isso aconteça, uma crise não afetará tanto sua estrutura.

Temos o exemplo prático no momento atual do Brasil, em que a situação financeira não é das melhores. Várias empresas não suportam esse cenário e acabam fechando as portas – no comércio, já são mais de 100 mil. É claro que existem inúmeros fatores a considerar, porém o financeiro é um dos que mais pesa.

É nesse contexto que se destaca a administração financeira e orçamentária e sua importância para o cotidiano. Além de garantir estabilidade frente às adversidades, é necessário também pensar na concorrência, na posição no mercado, na responsabilidade social, ou seja, em toda uma evolução que só acontece com um planejamento estratégico eficiente.

Não é à toa que, segundo o especialista Eugene Brigham – autor do livro Administração Financeira: teoria e prática -, o sucesso das finanças de uma empresa se dá antes de tudo no conhecimento teórico da área, para que seja aplicado ao cotidiano de modo responsável e estruturado. Tudo demanda um orçamento prévio que deve ser trabalhado rotineiramente por toda a equipe, visando o alcance de objetivos que trarão benefícios a todos.

Em nosso curso de administração financeira e orçamentária, mostramos algumas definições interessantes e o passo a passo preliminar para implementação em sua empresa. Agora, falaremos mais sobre orçamentos e suas aplicações – tema que também está presente em muitos cursos online com certificado do portal.

Cursos relacionados que podem te interessar:

Desenvolvimento orçamentário

Desenvolver um orçamento é parte ideal de um planejamento estratégico. Inerente a qualquer empresa, pode incluir um ou vários tipos, seja de modo isolado ou conjunto. Com base em um objetivo simples ou global, obedecer a etapas torna-se essencial para que o resultado apareça – avaliando hipóteses, executando as ações e verificando os efeitos.

Tal processo não é totalmente linear, ainda mais quando se trata de economia. Um mês nunca será igual ao outro, os períodos mudam conforme vários cenários, e essa oscilação pode tanto auxiliar quanto atrapalhar um cronograma orçamentário empresarial. Mas, independente de como será o retorno, o controle total dos procedimentos evita grandes contratempos e abre margem para boas soluções.

Justamente por isso, é indicado que o orçamento comece com um bom tempo antes de sua execução, de 1 a 3 meses dependendo das metas. Além disso, ele deve estar sempre acompanhado de muitos materiais auxiliares, como relatórios detalhados e as métricas referentes ao setor que deseja trabalhar: vendas, produção, custos, gestão de capital, entre outros.

Se a ideia é reduzir um gasto, por exemplo, é essencial fazer um amplo estudo acerca desse fator e a partir daí avaliar as alternativas necessárias para colocar em prática. Pode parecer simples, mas o impacto pode ser negativo e afetar outras áreas e atividades caso não haja profundidade na análise – por isso que o desenvolvimento orçamentário depende de uma equipe tanto financeira quanto dos gestores responsáveis.

O setor financeiro, considerado o "combustível" de uma empresa, só deve agir perante as decisões das lideranças. Já estas devem apresentar os pontos fortes e fracos de tal cenário, mostrando o que é mais indicado baseado em sua análise técnica e qualificação. Por mais que um gestor tenha conhecimento do ramo, somente aqueles que vivenciam no dia a dia e lidam com os processos podem dizer o que é ou não funcional, aquilo que atrapalha e o que agrega.

Você pode ter uma visão mais apurada e melhor esclarecimento desse planejamento lendo nosso artigo Inovação, dicas e curso para aprimorar seu planejamento estratégico‍. No texto, fica claro quais são as fases e como o orçamento se encaixa nessa planificação. Outra boa ideia é realizar o curso online referente a esse assunto, complemento ao Curso Online Administração Financeira e Orçamentária.

Controle Orçamentário

Já falamos que o controle é primordial para que nada escape das mãos e tome rumos infundados conforme a execução de um projeto. Quando se trata de um orçamento e tudo que é ligado à administração financeira, não dá para deixar nada de lado, pois qualquer detalhe pode mudar diversos parâmetros e exigir novas decisões.

Se uma empresa decide realizar um financiamento, por exemplo, deve-se pensar em quais recursos serão usados para o abatimento da dívida. Em um primeiro momento, os investimentos dificilmente trarão resultados imediatos, demanda um tempo até que se estabeleçam e o retorno apareça.

Sem um controle inicial e revisto periodicamente, é quase certo que a situação se complique e um processo acabe se misturando ao outro, gerando um efeito cascata e criando um problema que só cresce. Quando falamos em dinheiro, não é difícil perceber e chegar a esse ponto, em nosso próprio orçamento pessoal acontece frequentemente caso não haja um controle responsável.

O especialista WJ Podolski fortalece esse argumento dizendo que a direção de qualquer atividade sujeita a influências externas se baseia em três prismas: estudo, planejamento e controle. "Esses pontos são essenciais e constituem o único esquema básico para a formação de qualquer sistema de controle orçamentário. A partir deles, o sistema pode assumir qualquer forma, de acordo com as necessidades específicas da empresa e caraterísticas às suas operações", revela .

Mas, se em uma grande organização há espaço e setores próprios trabalhando no desenvolvimento, controle e revisão do plano orçamentário, como uma empresa pequena e nova deve colocar esse processo em prática? Essa é uma questão comum para muitos empreendedores, porém não há segredo ao pensar que todas as atividades – das mais básicas às complexas – necessitam de uma análise prévia para sua realização. Então, por que não incluir esse esquema nas pautas de reuniões e nos momentos dedicados às decisões referentes à empresa?

Como auxílio além de nosso curso de administração financeira, é bom ter em mente essas etapas:

  1. Estudo preliminar do sistema;
  2. Análise e exploração dos recursos;
  3. Planejamento de desenvolvimento e implantação;
  4. Estudos durante a execução do processo;
  5. Avaliações, revisões e ajustes do sistema em funcionamento.

Tanto no cotidiano empresarial quanto em administração financeira e orçamentária para concursos, muitas situações e variáveis aparecem para que sejam estudadas e avaliadas. Portanto, caso seu desejo seja se destacar na área ou empreender de modo correto visando o sucesso, é inerente pensar em qualificação e atualização recorrentes. Aqui no Centro de Estudos e Formação temos muitos cursos online correlatos, tanto da área contábil quanto administrativa.

curso de administração financeira e orçamentária

Revisão Orçamentária

Nessa abordagem de orçamentos que estamos realizando, não dá para deixar de se aprofundar também na revisão, parte que acaba sendo deixada de lado, sobretudo quando um planejamento obtêm bons resultados. Quando tudo começa a dar certo e os ganhos aparecem, é natural um relaxamento, afinal, para que mexer em uma fórmula efetiva e funcional?

Por outro lado, isso pode afetar o controle e abrir espaço até para uma estagnação. Reavaliar metas – ainda mais financeiras – não se aplica apenas em cenários ruins e épocas de crise. Também é importante avalia-las quando a empresa está em um bom patamar, já que o mercado econômico não apresenta solidez e tampouco estabilidade.

Ah, mas se eu estou lucrando, por que não investir? A partir de um momento positivo, muitos gestores pensam em expandir os negócios e avaliar outras possibilidades. Isso é ótimo, mas também demanda um planejamento e todas as etapas do desenvolvimento orçamentário que estamos explanando. Para se ter ideia, alguns fatores externos a considerar nesse procedimento são os tributos (que podem crescer mediante ao porte e atividade empresarial), a cultura social (será que essa é uma boa decisão e uma necessidade do mercado?) e, obviamente, o cenário econômico.

Pense na realidade do país: se a sua corporação está em ascensão mesmo na crise, será que a sentença assertiva para o momento é investir em novos recursos ou esperar mais um pouco, aplicando melhor os recursos e pensando em outras formas de crescimento? Tomar essas ou demais decisões depende da revisão orçamentária e, claro, de uma série de análises (créditos disponíveis, perspectivas futuras do mercado, contas a pagar em curto e longo prazo, concorrência, entre outras).

Com boas noções de administração financeira e orçamentária tanto teóricas quanto práticas, além da experiência e vivência diária, muitos profissionais conseguem agir estrategicamente e na hora certa. Há vários casos de sucesso que mostram o quanto uma boa gestão pode levar a organização a ótimos patamares – nesse caso, os profissionais nunca deixam de se preparar e sempre estão ligados nas tendências, presentes em muitas fontes incríveis, como bons cursos online com certificado.

Solvência e Insolvência

Destacar a importância de um planejamento orçamentário e uma boa administração das finanças nos leva também aos conceitos de solvência e insolvência, que também fazem parte da grade do curso de administração financeira e de muitos cursos a distância do portal. Vale destacar que esses termos também são tema de muitas questões de administração financeira e orçamentária para concursos, por isso deve estar fresco na cabeça do concurseiro e dos interessados na área contábil e econômica no geral. Visto esses aspectos, podemos defini-los:

  • Solvência: é um estado em que a empresa está em dia com suas obrigações e ainda possui rendimentos necessários para lucrar e conseguir recursos que garantam sua sobrevivência por um bom tempo. É o status em que toda organização visa chegar, com as pendências pagas e faturamento capaz de garantir a funcionalidade de seus sistemas com ótima perspectiva futura.
     
  • Insolvência: por outro lado, a insolvência acontece quando as dívidas são tão grandes que excedem o patrimônio do devedor. É uma situação causada pela falta de pagamento aos credores e, mesmo juntando todos os bens disponíveis, não são suficientes para que as pendências sejam quitadas. Deriva também, obviamente, de uma administração financeira ruim, e se diferencia da falência – condição tratada na Lei 11101/05 e discutida por muitos doutrinadores do Direito Tributário.

Aliás, em nosso Curso Online Direito Tributário ‍ você pode compreender melhor esses termos e agregar ao conhecimento disposto no curso de administração financeira e orçamentária. Uma das grandes vantagens do nosso portal é a autonomia para realizar quantos cursos online quiser durante um ano, proposta válida para as opções presentes no Pacote Master.

Os certificados do Centro de Estudos e Formação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Qualifique-se e pense nas melhores estratégias de administração financeira

Lendo nosso artigo você pôde verificar que não é tão simples pensar em um bom planejamento orçamentário e como executá-lo frequentemente visando a saúde financeira de uma empresa, mas também não é um processo totalmente complexo e desafiador. Com noções de administração financeira e orçamentária, capacitação, atualização e aperfeiçoamento frequente, você domina os cronogramas e conceitos de modo competente.

A melhor alternativa para colocar boas estratégias em prática é obter novas informações, ficar de olho nas tendências do mercado, estudar bastante e se aprimorar sempre com um curso online de excelência, como o Curso Online Administração Financeira e Orçamentária, destaque do Centro de Estudos e Formação.

Nosso portal possui centenas de cursos online com certificado de diversas áreas atestados por mais de 120 mil alunos. Para ter acesso a todos os cursos a distância do Pacote Master por um ano inteiro, basta investir uma taxa única de R$69,90. Além de não se preocupar com mensalidades, você escolhe e estuda o curso que quiser e ainda tem a opção de se certificar, com total autonomia e versatilidade.

Seja administração financeira e orçamentária para concursos ou qualquer outro objetivo, conte com o Centro de Estudos e Formação sempre que quiser dar um plus em seu aprendizado pessoal e profissional. Inscreva-se e comece agora!

Se tiver alguma dúvida, entre em contato conosco. Diga o que achou do artigo e compartilhe com seus amigos também. Até breve.