Conhecimentos pedagógicos: 5 principais pensadores e curso na área - Blog do Centro de Estudos e Formação

 BLOG

Blog Centro de Estudos e Formação

Simplesmente tudo sobre cursos online

tendências pedagógicas
 Equipe Centro de Estudos e Formação  28/07/2017
Conhecimentos pedagógicos: 5 principais pensadores e curso na área

Você que trabalha na área da educação busca se atualizar quanto às práticas e metodologias pedagógicas? Essa é uma das iniciativas mais assertivas de sua carreira, já que o setor precisa acompanhar as necessidades da sociedade atual. No artigo de hoje vamos explanar sobre um tema que deve estar entre as prioridades de educadores, pedagogos e pesquisadores em geral: os conhecimentos pedagógicos.

Como fazer valer seu método de ensino? Como prender a atenção do aluno moderno? Como adequar a instituição ao seu modo de ensinar? Com a ajuda do curso de Conhecimentos Pedagógicos‍ do Centro de Estudos e Formação e dos principais pensadores da educação, discutiremos o assunto de forma ampla e objetiva. Além disso, você verá como os cursos online podem agregar muito valor ao seu currículo e a sua vida profissional de uma maneira diferenciada, acompanhe!

Importância de renovar os conhecimentos pedagógicos

Quem escolhe fazer um curso de licenciatura deve ter em mente o peso de sua função, a de educar. Não podemos nos esquecer de falar o óbvio: são os professores os responsáveis por formar os empresários, advogados, médicos, engenheiros, arquitetos e todos os demais profissionais do setor produtivo de um país.

Dessa forma, essa profissão deveria ser uma das mais valorizadas, não é mesmo? Contudo, não é isso que acontece no Brasil. Se você acompanha os telejornais e o dia a dia do país pelos meios de comunicação, sabe que a educação é uma das áreas menos favorecidas pelos governos. Faltam investimentos em infraestrutura, tecnologia e, principalmente, na capacitação de professores, algo imprescindível para melhorar a qualidade da educação.

Vale saber que a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, de nº 9.394, instaura que os estados e cidades devem disponibilizar "a formação inicial, a continuada e a capacitação dos profissionais de magistério". Todavia, essa ação depende de cada governo e instituição de ensino, podendo não ocorrer frequentemente ou não atingir a todos os docentes. 

Assim, é imprescindível que professores, coordenadores e pedagogos busquem seus próprios meios de atualização e aperfeiçoamento. Uma aula de conhecimentos pedagógicos e outros conteúdos pertinentes disponíveis em cursos online com certificado podem auxiliar nessa jornada. É importante que os pensamentos sobre educação acompanhem o ritmo dos dias atuais, levando em conta o perfil dos novos alunos, as didáticas mais assertivas e a estrutura oferecida pelas escolas atuais. Nada melhor, então, que cursos a distância práticos e super atualizados quanto a esse tema.

Cursos relacionados que podem te interessar:

No Centro de Estudos e Formação você se matricula por 1 ano, investindo apenas R$69,90, sem mensalidades. Você terá acesso a centenas de cursos e contará com a opção de obtenção de certificados de diversas cargas horarias, que vão de 5 até 360 horas. Inscreva-se agora mesmo.

Pautas sobre educação que merecem ser discutidas 

Da mesma forma que é muito difícil encontrar o "x da questão" nas salas de aula, é também muito gratificante levar tendências pedagógicas que transformem a vida de crianças e adolescentes. O jeito de lecionar, o material aplicado, a persistência, etc, são fatores aliados da pedagogia, e quando se trata de um país carente de inovações nesse âmbito como o Brasil, devem ser utilizados como "cartas na manga" de quaisquer profissionais da área.

Hoje, ao participar de uma boa aula de conhecimentos pedagógicos, você notará que uma das prioridades é criar métodos colaborativos e agregadores. Vivemos em um contexto no qual as diferenças devem ser incluídas, debatidas e respeitadas dentro do ambiente escolar, mostrando que há a possibilidade de todo mundo aprender sob uma mesma instituição, construindo, além de conhecimento, inúmeros valores para a vida toda.

O professor do século XXI deve estar preparado desde o planejamento de aulas mais atrativas à educação especial para se diferenciar no mercado e conseguir resultados brilhantes. Conheça três pautas que devem ser debatidas por educadores, pedagogos, psicólogos, pesquisadores e demais estudiosos do setor de educação para desmitificá-las e inseri-las no maior número de escolas brasileiras:

Educação lúdica

Ensinar sem precisar exercer o autoritarismo. É isso o que prega o conceito de ludicidade na educação, algo que pode ser implementado por qualquer professor, com alunos de qualquer faixa etária. Utilizar brincadeiras, jogos, exemplos do cotidiano das crianças, objetos afetivos ou simplesmente atividades sensoriais e de imaginação são formas de garantir um aprendizado mais eficiente e sem traumas, seja no Ensino Infantil, Fundamental, Médio ou EJA. Alguns pensadores da educação como Jean Piaget e Maria Montessori estimularam esse tipo de prática décadas atrás, e hoje são verdadeiras inspirações para educadores e pedagogos que queiram atingir todos os alunos.

A ideia aqui, vale entender, não é deixar que as crianças aprendam como quiserem - devem existir regras, sim -, mas para prender mais a atenção, é preciso promover aulas mais leves, descontraídas e marcantes. O resultado disso? Bom, sem dúvidas a classe apresentará evoluções quanto à cognição, rapidez de raciocínio, criatividade, concentração e ao espírito de coletividade e afetividade. Você pode aprender mais sobre esse conceito em cursos EAD aqui do portal, como o Curso Online Construção do Conhecimento na Educação Infantil‍ e o Curso Online Atividades Lúdicas‍.

Educação especial

Antigamente, crianças e adolescentes com deficiência e/ou dificuldade de aprender eram encaminhados para escolas especiais. As conhecidas APAE e AACD, criadas para assegurar os direitos desse grupo e promover atividades de reabilitação, funcionavam em muitos estados como instituições alternativas. Porém, como não cabia a elas ensinar disciplinas básicas do currículo escolar, os alunos tendiam a ficar muito atrasados em relação aos outros. Outro fator que prejudicava o desenvolvimento desses jovens era o preconceito enraizado na sociedade.

Apesar de ainda presenciarmos situações de desconhecimento e desrespeito contra deficientes físicos e intelectuais, agora o tema é muito mais presente nos meios de comunicação e há leis específicas para protegê-los. O Decreto nº 7.611/2011, incluído na LDB, expõe a obrigatoriedade dos governos oferecerem "um sistema educacional inclusivo em todos os níveis, sem discriminação e com base na igualdade de oportunidades". Com isso, as escolas devem ter professores e auxiliares capacitados, tecnologias e projetos voltados para esse tipo de ensino e muitas práticas inclusivas.

Aqui no Centro de Estudos e Formação há inúmeros cursos online que podem ser de grande valia para educadores e coordenadores pedagógicos acerca dessa temática. Temos, por exemplo, o Curso Online Educação Inclusiva‍, o Curso Online Fundamentos da Educação Especial‍ e o Curso Online Metodologias de Ensino para Professores de Educação Especial‍, todos com conteúdos esclarecedores e que podem preencher as lacunas que estavam faltando em sua formação, que tal?

Educação de Jovens e Adultos

Outro campo que merece atenção é a Educação de Jovens e Adultos, também conhecido pela sigla EJA. Essa etapa do ensino foi considerada, em 2016, prioritária para o governo federal, que deseja diminuir drasticamente o número de analfabetos no Brasil e aumentar o nível de escolaridade de quem tem mais de 18 anos de idade.

"Os prefeitos que acabaram de ser eleitos têm que entender que o público analfabeto tem direito à educação e que, portanto, ele deve ser considerado nas ofertas educativas que o município organiza”, destaca a titular da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) do MEC, Ivana de Siqueira.

Para atender esse público de maneira especializada e conseguir atingir os resultados esperados, é preciso que os professores aprendam a lidar com ele considerando tendências pedagógicas específicas. Estudar em cursos online com certificado pode ser uma estratégia bacana, pois eles conferem não só aprendizados, mas também a documentação completa para comprovar tudo aquilo que foi absorvido. Nesse sentido temos o Curso Online Metodologias de Ensino para Professores de EJA , criado especialmente para educadores que queiram se engajar nessa aplicação.

curso de Conhecimentos Pedagógicos

Pensadores da educação que você deve conhecer

O curso de Conhecimentos Pedagógicos oferece ao aluno uma enorme base a respeito de tendências pedagógicas pensamentos sobre educação. Um dos módulos, inclusive, aborda teóricos da pedagogia de diversas épocas, visando um ensino completo e coerente. Para que você conheça um pouco do conteúdo da aula de conhecimentos pedagógicos, listaremos abaixo os principais estudiosos da área.

1 - Jean-Jacques Rousseau

"Liberdade e igualdade" é o que pregava o filósofo Russeau (1717-1778), o que o ligava diretamente à essência da ideologia da Revolução Francesa. Seu principal pensamento é de que o homem é livre e bom por natureza, mas a sociedade tem o poder de corrompê-lo, ou seja, conduzi-lo a ações excêntricas ou perversas. Sua obra se define pela crítica sócio-política e à educação elitista de sua época, da qual podemos destacar o livro "Emílio", que exibe a educação de um jovem, do seu nascimento até seus 25 anos. O autor descreve como a educação pode ser muito mais eficiente quando há poucas influências externas, se fazendo valer, basicamente, do convívio com a natureza e de experiências cotidianas.

A partir de seus estudos, Rousseau sistematizou uma concepção de educação diferente, chamada posteriormente de "Escola Nova" e que influenciaria diversos pedagogos, incluindo Maria Montessori. Para ele, a educação de crianças deveria incentivar a liberdade, de forma que elas vivam cada fase da infância entregues a seus sentidos e suas emoções. Diversos cursos EAD aqui do portal podem ser de grande utilidade para educadores que simpatizam com essa vertente, como o Curso Online Atividades com Crianças‍.

2 - Maria Montessori

Como falamos, Montessori (1870-1952) foi uma das "discípulas" de Rousseau, e seu nome é tão conhecido quanto, principalmente no que se trata de Educação Infantil. A italiana é pioneira da "auto-educação", conceito que retira a responsabilidade do professor como única forma de obter conhecimentos: nele, a criança busca seu próprio aprendizado e o educador acompanha todo o processo de perto, oferecendo sempre sua ajuda. Quando vemos uma sala de aula que segue essa prática, encontramos estudantes em grupos ou sozinhos, buscando saberes em livros ou na internet e os professores espalhados pela classe com o intuito de oferecer o apoio necessário.

As didáticas sensoriais de Montessori são largamente utilizadas hoje em dia na educação, começando pelas séries iniciais (reconhecimento de cores, cheiros, texturas e formas, por exemplo). A estudiosa conseguiu comprovar que as crianças podem aprender a partir de suas próprias experiências de procura e descoberta. E para levar seu método adiante, criou materiais pedagógicos exclusivos que facilitariam o raciocínio, abrangendo as formas de conhecimento.

3 - Johann Pestalozzi

O suíço Johann Heinrich Pestalozzi (1746-1827) é reconhecido por ser o estudioso da pedagogia moderna que mais valorizou o afeto, principalmente o amor materno. Semelhante aos pensamentos sobre educação de Montessori, o teórico também afirmava que as crianças já nasciam com certas características de personalidade e habilidades e a escola só teria o papel de potencializá-las.

Em outras palavras, ele acreditava que a instituição de ensino deveria funcionar como uma extensão da educação do lar. Para se inspirar nessa prática, então, a escola deve trabalhar lado a lado com a família e a comunidade ao entorno. Um dos cursos a distância mais indicados para ajudar nesse sentido é o Curso Online Parceria entre a Escola e Família‍, que demonstra a força que tem essa união.

Vale saber também, que segundo Pestalozzi, o modelo de educação tradicional, no qual se baseia em passar informações em série para os alunos, é ineficaz. O assertivo seria se os professores respeitassem as fases de desenvolvimento de cada criança e acompanhasse sua evolução, buscando ensinar aquilo que fosse de real necessidade para cada momento. Na escola ideal de Pestalozzi também não há qualquer forma de castigo, pois o estudante usaria artifícios íntimos, construídos a partir de suas experiências autônomas para enxergar o que é certo e errado.

4 - Jean Piaget

Outro suíço entre os pensadores da educação mais seguidos da atualidade, Jean Piaget (1896-1980) é considerado o criador do construtivismo: ele acredita que o aluno constrói o seu próprio aprendizado. Assim como outros teóricos, ele também não achava que os conteúdos podem ser transmitidos com total excelência por professores. Isso por que as crianças só conseguem aprender aquilo que elas têm condições de absorver e mesmo se tiverem tais condições, só se interessam por temas que instiguem sua cognição.

Por ser biólogo, Piaget fez diversos estudos acerca da mente infantil, visando enxergar como elas aprendem e como se desenvolvem. Desta forma, foram determinados quatro estágios fundamentais do desenvolvimento das crianças: o sensório-motor; o pré-operacional; das operações concretas; e das operações formais. Essas fases vão de zero a 12 anos, quando o indivíduo entra para a adolescência e já consegue ter um pensamento lógico e dedutivo sobre diversos âmbitos. 

5 - Paulo Freire 

Paulo Freire (1921-1997) é, talvez, o maior expoente brasileiro da educação, sendo uma grande influência para os profissionais e estudantes de pedagogia e licenciaturas. Conhecido por incentivar as lutas por uma educação mais humana no Brasil, ele dizia que o ensino só pode ser efetivo quando há, de fato, a aprendizagem, sendo que isso só poderia ser alcançado após o nascimento do respeito profundo entre educador e aluno. 

Por conhecer a cultura brasileira e as necessidades do povo de perto, Freire foi o precursor do método de educação para adultos e reconhecido pela "pedagogia do oprimido". Sua teoria perpassa pela consciência política que o aluno deve aprender a ter, descobrindo sua posição de oprimido e as formas de lutar por sua libertação. Utilizando de grande crítica às escolas tradicionais e ao Estado capitalista, Freire pregava que o professor não deveria somente transmitir saberes, mas sim instigar o pensamento crítico e a criação, pelos alunos, de seus próprios conhecimentos. 

Os certificados do Centro de Estudos e Formação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica
No Centro de Estudos e Formação você se matricula por 1 ano, investindo apenas R$69,90, sem mensalidades. Você terá acesso todos centenas de cursos e contará com a opção de obtenção de certificados de diversas cargas horarias, que vão de 5 até 360 horas. Inscreva-se agora mesmo.

Atualize seus conceitos pedagógicos com o curso de conhecimentos pedagógicos

Nesse artigo expusemos temas que precisam ser conhecidos por professores e demais profissionais da educação. A educação é uma das áreas do Brasil que mais precisa de profissionais engajados e com conhecimentos embasados para que a luta pela qualidade seja digna e efetiva. Se você quer entrar de cabeça nesses conceitos e práticas em cursos online com certificado, considere começar pelo curso de Conhecimentos Pedagógicos aqui do Centro de Estudos e Formação. Com ele, você renova os saberes já adquiridos e até os aprimora para prestar concursos públicos. 

Além deste, há muitos outros cursos a distância que podem deixar seu currículo pronto para competir em qualquer vaga do mercado de trabalho e você mais preparado para atender alunos de todas as etapas do ensino. Que tal apostar suas fichas em cursos EAD, então? Inscreva-se aqui no portal e garanta o aprendizado em centenas de cursos online do Pacote Master investindo somente R$69,90. Não espere mais para dar um passo à frente em sua carreira.

Agora conte para a gente: o que achou da abordagem de nosso artigo? Utilize o espaço abaixo para deixar sua opinião, sugestão ou até mesmo criticas. Queremos sua ajuda para fortalecer esse debate. Até uma próxima!

Data Modificação  28/07/2017
Colunista

Equipe Centro de Estudos e Formação

 

.

 Aguarde...

C
o
m
p
a
r
t
i
l
h
a
r