Um bom plano de marketing digital deve considerar todas as plataformas disponíveis na web, desde a criação de um site até as múltiplas mídias sociais. São muitas opções interessantes e essenciais para qualquer negócio que pretende se aproximar do público e entender seu comportamento, visando aumentar as vendas, fortalecer a marca e buscar novas alternativas para se estabelecer em seu nicho.

Do Facebook ao Pinterest, há uma diversidade de mídias e redes sociais as quais vale a pena investir, mas para obter bons resultados é necessário um planejamento estratégico prévio e eficiente. Os responsáveis pelo setor de comunicação e marketing precisam estabelecer etapas para colocar as melhores campanhas no ar, apostando em abordagens instigantes e bons artifícios. Embora pareça simples, é um trabalho analítico e que demanda total dedicação.

No início pode ser complexo, mas conforme a experiência, as ações ficam cada vez mais otimizadas. Além disso, a qualificação também conta, por isso é sempre válido recorrer a um curso de mídias sociais e outros cursos online agregadores – como as opções disponibilizadas pelo Centro de Estudos e Formação.

Bom, se você tem dúvidas e não sabe por onde começar, confira nossas dicas de planejamento, segmentação e gerenciamento de redes sociais, conheça alguns canais relevantes para o negócio e meios para criar uma campanha arrebatadora. 

A importância das mídias sociais para o negócio

As pessoas estão cada vez mais conectadas. A internet modificou os hábitos de comunicação, mudou o comportamento de compra e os métodos de informação e ensino, entre muitas outras ações rotineiras. Hoje em dia o meio digital está presente em vários aspectos do cotidiano, criando inclusive uma dependência e "necessidade" de ficar sempre online.

Para se ter ideia, o Brasil é o quarto país com mais usuários de internet no mundo, com cerca de 120 milhões de pessoas, perdendo apenas para Estados Unidos, China e Índia. É um número animador e que tem perspectivas de crescimento, um prato cheio para as empresas que investem em marketing digital e querem se estabelecer na web.

45% da população brasileira acessa o Facebook mensalmente, segundo o último levantamento realizado pela rede. E, mais que esse canal, ainda há uma ampla gama de mídias sociais que estão conquistando relevância, como o Instagram e o Pinterest. Tantos números mostram o quanto é essencial se atentar a essa tendência e incluir esses canais em seu plano de marketing. Se um dos objetivos dessa área é se aproximar do público e estruturar a marca, eis o melhor ambiente para isso.

As redes sociais trazem muitos benefícios para o negócio. Se o planejamento é bem pensado, o trabalho é constante e há bons investimentos, os resultados serão proveitosos. Dentre as vantagens, podemos citar:

  • O fortalecimento da marca, que pode se tornar uma referência em seu nicho;
     
  • O aumento do tráfego em um site, um blog e um e-commerce;
     
  • Mais vendas, conversões e fidelizações;
     
  • Maior engajamento do público com os ideais e serviços da marca;
     
  • Autoridade na rede, como um canal confiável e que se importa com o consumidor;
     
  • Interatividade direta e atenção às necessidades do cliente;
     
  • Facilidade para disseminar conteúdos.

Seja em uma, duas ou várias mídias, a presença de seu negócio é fundamental. O gerenciamento de redes sociais eficiente alcança todos os propósitos e leva a ganhos reais para qualquer empresa, por isso vale a pena se atentar às dicas, buscar fontes de conhecimento e qualificar-se frequentemente – com livros, artigos, palestras e cursos online com certificado primorosos.

Planejamento estratégico digital

O investimento nas mídias sociais para alavancar um negócio é preponderante para qualquer empresa e, independente do porte e das metas, torna-se crucial pensar em um planejamento estratégico digital antes de colocar as ações em prática.

Felipe Morais, autor do livro-referência "Planejamento Estratégico Digital", revela que é um risco enorme colocar uma marca na web sem ter a mínima noção do que está fazendo. Ou seja, não basta criar uma página em todas as mídias e esperar que o público a conheça. Assim como em qualquer perspectiva de marketing, é crucial planejar, executar e monitorar constantemente.

Mais do que isso, o levantamento precisa de um bom embasamento. Ideias sempre surgem, mas se não estão estruturadas, acabam ocupando todo seu tempo e até prejudicando o planejamento. Segundo Morais, o primeiro passo é alimentar os pilares desse plano, que se alinham em um objetivo, o cenário em que a marca está inserida, a análise da concorrência e o comportamento do consumidor. A partir dessas variáveis, é possível pensar nas estratégias e colocá-las em prática, sempre mensurando os resultados e tirando lições dos pontos positivos e negativos de uma campanha.

Sendo assim, um planejamento eficiente deve:

  1. suprir os anseios do público;

  2. entender como as personas interagem com o mundo digital;

  3. conhecer os artifícios utilizados pelas marcas adversárias;

  4. delimitar as mídias sociais são mais significativas para o negócio;

  5. apurar as novidades e os macetes online que estão em alta na web;

  6. listar os diferenciais que a marca pode oferecer ao consumidor online;

  7. saber quais ferramentas serão utilizadas para monitorar os resultados;

  8. aprender constantemente com todas essas ações.

Fique ligado: em nosso curso de mídias sociais, apresentamos muitas dicas práticas para usar o Facebook, o Instagram, o Youtube e demais canais a favor de seu negócio. Invista nessa opção e capacite-se com outros cursos online agregadores ligados à área de comunicação e marketing.

Cursos relacionados que podem te interessar:

Segmentação e personas

Conhecer o público é o pilar mais importante do planejamento estratégico digital. Se você não sabe quem são as personas interessadas em seus produtos, serviços e ideias, será difícil entender seus anseios e todo seu comportamento em relação à marca.

Persona é um conceito que se refere ao cliente ideal para seu negócio. A partir da análise completa de seu perfil, suas características e seus hábitos, é possível entender quais são suas histórias, motivações, desafios, preocupações e objetivos. Sendo assim, a construção desse escopo deve ser totalmente personalizada, levando em consideração dados reais dos interessados – algo que vai muito além de público-alvo.

A segmentação e o conhecimento das personas é extremamente relevante para qualquer planejamento de marketing – sobretudo no meio digital, em que há muitos canais, múltiplos desejos e opções disponíveis. Sendo assim, vale salientar as principais vantagens desse trabalho (realizado tanto pelos profissionais de social media quanto pelos demais responsáveis pelos projetos de marketing e comunicação da empresa):

  • Conhecer as pessoas interessadas em sua marca e suas necessidades;
     
  • Determinar o tipo de conteúdo que deve ser produzido e disseminado;
     
  • Entender qual a linguagem e o estilo utilizado nos conteúdos;
     
  • Definir as mídias sociais que devem entrar no planejamento – afinal, a persona ideal para seu negócio pode mais presente em uma rede do que em outra;
     
  • Estabelecer a periodicidade das publicações e quais os melhores canais para investir;
     
  • Estruturar as campanhas patrocinadas que mais chamarão atenção desse cliente ideal;
     
  • Descobrir de onde vêm os prospectos, como eles buscam informação e como desejam consumir seu conteúdo.

A partir de um trabalho analítico e muita dedicação, você consegue construir muitos perfis e oferecer exatamente aquilo que procuram. É um serviço que precisa ser aprimorado constantemente, e felizmente há muitos materiais auxiliares, como os cursos online com certificado oferecidos pelo Centro de Estudos e Formação.

Gerenciamento de crises e SAC

Construir uma boa imagem não é uma tarefa simples. Em tempos de alta conectividade, qualquer erro pode ser crucial para a empresa e gerar consequências catastróficas caso não haja um gerenciamento de crises pré-moldado. Pois é, toda corporação deve estar preparada para as adversidades, elas podem surgir a qualquer hora e de formas inimagináveis, principalmente nas redes sociais.

Segundo o Instituto Brasileiro de Coaching, a gestão de crise tem como objetivo reduzir e excluir os impactos causados por um momento de desequilíbrio, evitando ao máximo os prejuízos que podem afetar a imagem e os serviços da empresa. Aplicado à web, esse setor precisa se atentar constantemente ao posicionamento da marca na internet, o que os clientes estão falando – em todos os canais – e qual o tipo de problema que resulta em uma crise.

Para a especialista Martha Gabriel, as crises mais comuns provenientes das mídias online são a eventual e a informacional. A primeira acontece como se fosse uma "tragédia", derivada de um equívoco da empresa, seja na comunicação ou em qualquer outro aspecto. Nesse caso, deve acontecer uma retratação imediata buscando o perdão dos seguidores, reforçando sua imagem mediante a situação negativa.

Já a crise informacional ocorre com frequência, reforçada por opiniões e percepções sobre a marca. São as críticas recebidas no dia a dia, comuns a qualquer negócio/influenciador, seja em postagens ou em mensagens direcionadas. Quando isso acontece, é indicado estancar os comentários e esclarecer diretamente ao cliente, sempre com rapidez e transparência. O serviço de atendimento ao consumidor voltado à internet apresenta uma dinâmica bem diferente em relação ao telemarketing. Trata-se de um ambiente infinitamente maior, bombardeado por informações e interações constantes.

Sendo assim, o gerenciamento de redes sociais deve ser voltado também à gestão de crises, fortalecendo sempre algumas práticas essenciais: transparência, respostas rápidas e explícitas, comunicação ampla e para todas as mídias/meios. Além disso, nunca se deve omitir informações ou mentir. A empresa precisa reconhecer os erros, se retratar e agir com sinceridade para reconquistar a confiabilidade do público.

Sinais sociais e SEO

Os sinais sociais, ou seja, o impacto do conteúdo gerado nas redes e a autoridade da página não afeta diretamente o ranqueamento nos motores de busca, porém, são fatores que, unidos a outras estratégias de SEO, podem contribuir para um maior alcance de um site, de um blog ou de uma loja virtual.

Um exemplo interessante é quanto ao link building. Se um post de seu site estiver bem indexado em alguma mídia social relevante, como o Facebook, é possível que o Google e outros buscadores considerem esse conteúdo em seus resultados. Além disso, segundo o SemRush, quanto maior o destaque de uma marca nas mídias sociais, maior será o interesse do público e dos curiosos em procurá-la, para saber de onde é, o que faz, entre outras informações.

Sendo assim, é sempre válido considerar o SEO no conteúdo, além da qualidade, interatividade e conectividade com os seguidores. Imagine se uma postagem apresenta um assunto relevante, com boas palavras-chave, muitas curtidas, comentários e compartilhamentos. O Google e demais canais analisarão o post e podem dar uma boa classificação à página de acordo com esses sinais, pois o que mais conta para esses mecanismos é a originalidade e a qualidade do material.

Blog corporativo

Construir um blog atrelado à marca (seja ao site principal ou uma loja virtual) é um artifício essencial para aumentar o posicionamento, melhorar o ranqueamento e tornar-se mais conhecida entre o público. Esse espaço é interessante também para humanizar e melhorar o contato com os seguidores – você pode postar novidades, curiosidades sobre produtos, bastidores da empresa, ofertas, entre muitos outros materiais.

Por meio de uma linguagem mais simples e informal, o conteúdo apresentado pode ser totalmente personalizado e servir de guia para que o público interaja diretamente com a empresa, tire suas dúvidas, tenha espaço para dizer suas opiniões, ou seja, funciona até como um serviço de atendimento que dá poder à marca e pode torná-la uma verdadeira referência em seu nicho.

Ferramentas para nutrição de leads

A nutrição de leads é preponderante para o sucesso de uma empresa nas redes sociais, para um blog corporativo, e-mail marketing e qualquer outro canal em que é necessário produzir conteúdo e fortalecer o contato com o público. Assim que você consegue um cliente e tem seus dados na base, o trabalho de conversão continua com a transmissão de materiais que sejam relevantes e gerem o interesse para que ele permaneça como um admirador de seus produtos/serviços.

Além da qualidade, fato que sempre vamos salientar para a construção de bons conteúdos, você pode contar com algumas ferramentas fundamentais para auxiliar na nutrição de leads e em todo o processo de automação de marketing digital:

  1. Hubspot: pioneira no inbound marketing (marketing de permissão/atração), possui um conjunto de ferramentas eficientes que ajudam em várias campanhas nos canais online e no gerenciamento de redes sociais, além de landing pages (páginas de aterrisagem que convertem), e-mail marketing, call-to-action, entre outras demandas.
     
  2. RD Station: é uma plataforma brasileira bem semelhante à Hubspot, com foco total na automatização e tarefas fundamentais para fortalecer a presença de uma marca na web. Possui planos pagos, com valores variáveis conforme a necessidade dos clientes.
     
  3. Mailchimp: a melhor ferramenta para gestão de e-mail marketing, a mais utilizada em todo o mundo para administração da base de contatos, nutrição de leads, testes A/B, calendário editorial, entre outras tarefas. Tem planos básicos e avançados.
     
  4. Wordpress: gratuita e facilmente personalizável, perfeita para criação de blogs e administração direta, muito simples de manipular e divulgar os mais diversos tipos de conteúdo. Além disso, é possível integrá-lo perfeitamente com todas as mídias sociais e realizar análises com as ferramentas da própria plataforma.

Outras ferramentas que vale a pena conhecer: Hootsuite, Buffer, Jumplead, Leadsius.

Os certificados do Centro de Estudos e Formação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Mídias sociais alternativas

  • Twitter: o Twitter é capaz de unir os mais diversos segmentos em uma única mídia. Vários assuntos viram tendência ao mesmo tempo e geram um “buzz” imediato. A liberdade em opinar, criar e transmitir informação é instigante e fortalece o perfil de quem dissemina bons conteúdos – com palavras-chave, hashtags e outras estratégias. Pelo Twitter também é possível perceber perfeitamente os desejos e necessidades dos clientes, bem como promover seus produtos e criar campanhas direcionadas. E, ainda mais animador é saber que essa é uma das redes que mais cresce no Brasil.
     
  • Google Plus: a rede social da Google, muito interessante para negócios e bem diferente do Facebook. A base da plataforma é criar conexões relevantes, gerar informação de qualidade e ampliar a relação entre marcas e consumidores. Tecnicamente, toda pessoa que tem Gmail já está presente na Google Plus e, além disso, há a ligação direta com outros meios – Hangouts, Youtube, Maps, e todas as novidades lançadas frequentemente pela gigante da tecnologia.
     
  • Pinterest: o Pinterest funciona como um catálogo, um grande álbum virtual para as pessoas apaixonadas por imagens interessantes. É facilmente integrado ao Facebook e uma das redes sociais com alta relevância no mundo e um ótimo potencial de compartilhamento de conteúdo. A criação, a postagem e a configuração de fotos chama atenção e pode ser um diferencial para sua marca, quanto mais qualitativas, mais atrairá o público – além disso, é simples de usar e possui uma interface intuitiva.

Bom, quando se trata de mídias sociais e marketing digital, há uma infinidade de informações para desvendar. Neste artigo apresentamos apenas alguns tópicos, você pode conhecer muito mais no curso de mídias sociais do Centro de Estudos e Formação. Aproveite essa e as demais capacitações que disponibilizamos no site e não deixe de se atualizar, aperfeiçoar e certificar.

São centenas de cursos online preparados especialmente para você por nossa equipe pedagógica dedicada. Investindo uma taxa única de R$69,90, você tem acesso a todos os cursos online com certificado do Pacote Master por um ano, estudando no lugar e horário que achar mais conveniente. Desfrute dessa proposta e dê um plus em sua formação.

Matricule-se agora e não deixe essa chance de lado. Tem alguma dúvida? Comente. Esperamos que tenha gostado, até breve!